Paraty Explorer
magna, ut accumsan quam pretium
vel. Duis ornare

Latest News
Follow Us
IR ATÉ
Alt Da Imagem

Centro Histórico de Paraty

Centro histórico de Paraty

Centro histórico de Paraty

Centro histórico de Paraty!

Geograficamente, muito bem localizado, acreditamos que foi assim que se deu inicio ao lugar que chamamos de Centro histórico de Paraty.

Antes dos primeiros barcos europeus, descobrirem este paraíso, já era um ponto estratégico dos índios Guaianeses. Com comida farta, água fresca e de mar manso.

Acreditamos que era o lugar preferido para passarem o inverno, pois viviam em uma ampla região no planalto Paulista, de onde vinha caminhando pela trilha, Peabirú.

Peabirú, era um caminho que conectava o oceano pacífico ao oceano atlântico, isso mesmo que você está lendo, muito antes dos europeus chegarem, já existia esta conexão.

Dessa forma, ligava a cidade de Cusco no Perú, com o litoral de São Vicente em São Paulo, com ramificações ao litoral carioca, Paraty.

Século XVI

Após a chegada dos primeiros navios em terras tupiniquins, começaram o mapeamento da colônia.

Não sabemos ao certo o ano que ocorreu, estima se entre 1540 a 1600, aqui se formou um pequeno núcleo de europeus.

Por volta de 1640, este núcleo se transferiu para onde hoje é o Centro Histórico da cidade.

Para esta transferência acontecer a donatária das terras colocou algumas condições:

  • Limitou o tamanho da cidade entre os rios Patitiba e Pereque Açu
  • Que fosse erguida uma nova capela em devoção a Nossa Senhora dos Remédios
  • Que não mais maltratassem os nativos, pertencentes a esta terra

E então, a cidade começou a tomar forma.

Seguindo o caminho dos índios, se atingia o planalto de São Paulo e de lá, diversos caminhos interligavam toda a colônia, que se ligava as terras espanholas a oeste e estas se ligavam aos Andes.

Era como nos dias de hoje, as estradas, uma se conectando a outra.

Paraty, foi um dos mais importantes portos coloniais, se não foi o mais importante.

Pau Brasil, açúcar, ouro e diamantes e café, desciam pela serra, até o mar.

Não era um caminho de mão única, por aqui se subia também e como subia.

Povos africanos, foram trazidos a força, escravizados e retirados de seu lar, sua terra natal. Mal tratado, mal alimentado e mesmo assim, forte o bastante para construir o que vemos hoje. Nossa divida com a áfrica e seus povos, começa aqui, na costeira de Paraty.

Hoje em dia, local badalado e colorido!

lojas de souvenir, pousadas, sorveterias (provem o sorvete da Gelateria Miracolo), banco, cafés, restaurantes, Teatro Espaço, igrejas, índios Guaranis e Pataxós, artistas de rua, cais de barcos e a famosa praça da Matriz, um dos cartões postais de Paraty.

Como não se encantar?

E se falarmos dos eventos que acontecem em Paraty, são muitos e diversificados, para todos os gostos.

Veja mais sobre os eventos aqui:

 

Restaurantes

Existem boas opções de restaurantes no Centro Histórico de Paraty, indicamos aqui o que mais gostamos:

Quintal Verde – Cardápio variado e boas opções vegetarianas

Banana da Terra – Culinária Paratiense de alta gastronomia 

Caminho do Ouro – Cardápio incrível e requintado

 

Hospedagens

Diversas opções, desde casas a pousadas

Pousada do Ouro – 

Casa Turquesa – 

A Base

 

O que fazer

Se divertir e relaxar, para isso não faltam opções:

É onde os festivais acontecem e onde todos vão a noite.

Bares, restaurantes, artistas de rua e lojinhas.

Opção para todos

Veja Também